Change

#KeepUp366 – Week 52!

THE END! Eis que 2016 chegou ao fim! A última semana com 6 dias, quase completa!

Vamos terminar tudo certinho por aqui, né?

day 361:

segunda pós natal, mas o trabalho aqui não para! haha

day 362:

O dia em que “criei” uma imagem no paint, postei e ela… viralizou! hahaha

De noite fomos visitar um casal de amigos que não víamos fazia tempo!

day 363:

Um dia mas normal, nem parece que é fim do ano! haha Trabalhando e fazendo comida em casa.

day 364:

Terminando mais edições, nem acredito!!

day 365:

Sexta! Encerrando tudo o que deu, fomos comemorar tomando um gelato na Nougat! Coisa boa…

day 366:

E é isso aí! Sábado de reveillon (nunca vou ter certeza se escrevi certo… hahaha) que passamos com amigos e nossas dogs ainda curtiram um quintalzão pra se distratir dos fogos!

 

Feliz 2017, galera!! Obrigada á todos que acompanharam mais esse ano por aqui!

Fiquem de olho no meu instagram 😉

 

#KeepUp366 – Week 48+

day 333:

Trabalhar! Terminar mais edições 🙂

day 334:

Depois de mais um dia de trabalho, e de mais um dia de clima fresco (que alívio!), demos uma pausa na nossa pseudo-rotina pra comer fora! Hehe

day 335:

Dessa vez eu poderia dizer que o ponto alto do dia foi… cozinhar em casa mesmo! Sempre um de nós prepara as refeições, ou nós 2 juntos. E isso é sempre bom!

day 336:

E maaaaais uma edição terminada! Ufa!

day 337:

Como no sábado vamos ter 2 eventos, essa sexta foi mais pra finalizar tudo pro dia seguinte e nos organizarmos pro trabalho, que vai ser puxado!

day 338:

Sábadão de casórioS! Sim, 2, fotografando e filmando em 1, que era mais cedo, e depois ainda fomos para o outro! Deu tudo certo, foi tudo lindo, e nós ficamos acabados! Hahahah

day 339:

E domingo, mais light, descansamos!

 

A festa do segundo casamento foi longe!

A festa do segundo casamento foi longe!

#KeepUp366 – Week 46+

day 319:

Depois de 3 dias com febre, fui no médico e descobri o que eu tinha, é inflamação na traqueia! Pode?! Bom, agora é tomar remédio e esperar melhorar.

day 320:

Feriado, doente, lado bom? Desculpa mais que bem usada pra descansar e se recuperar! hehe

day 321:

Voltando ao trabalho aos pouquinhos, terminando edições.

day 322:

Sabe a tosse e tal? Bom, tive que tomar todos os remédios possíveis e fazer uma loucura, porque foi o dia do show do Guns n’ Roses em Curitiba! Com a formação praticamente original depois de mais de 20 anos!!! Não podia perder de jeito nenhum!!!

day 323:

Apesar da extravagância, estou ficando melhor! E voltei a postar aqui no blog 🙂

day 324:

Sábado com mais um evento pra filmar!

day 325:

Domingo, como sempre um pouco mais light, editamos só um pouco. Ainda não estou 100%, mas pelo menos a febre que durou a semana toda, já não voltou mais! E… conseguimos livrar nossa geladeira do poder das trevas, porque… tava tenso. Long story. =P

Aproveitamos pra ir num café colonial que faz tempo que não íamos!

 

 

 

 

#KeepUp366 – Week 45+

day 312:

Dia de viajar mais um pouco, vamos para Praga!!! E já chegamos e pegamos um frio, mas UM frio… e a sensação de não entender naaaada do idioma também dá uma embrulhada na cabeça! Mas a cidade é realmente linda, parece uma pintura, conto de fadas! Já vimos a praça da Cidade Velha e o relógio astronômico, que é o mais antigo ainda em funcionamento até hoje, coisa mais absurda, cheia de detalhes, incrível!

Aliás, quando bate hora inteira, a praça se enche de gente, o relógio toca, tem uns bonequinhos em volta do relógio que se mexem, é um espetéculo! Filmei sim, é fofo! haha E pensa, ele existe desde 1410! A praça é bem iluminada, cheia de detalhes lindos e antigos pra ver, uma catedral mais ao fundo, da Ns. Senhora de Tyn, também linda, e tem um prédio na frente que é quase tão antigo quanto ela, e por isso não derrubam!

day 313:

Fomos visitar um lugar bem conhecido lá, chamado Vysehrad. É tipo um “castelo”, mas é mais um forte, e antes tinha mais coisa lá dentro, hoje sobrou principalmente uma catedral lindíssima e a vista da cidade, que nessas horas você percebe que é muito pequena!! haha

Dá pra fazer praticamente tudo a pé, ou pegar o transporte que é bem servido e barato. Só tem que cuidar pra não pegar o sentido errado, tem que olhar os nomes e o sentido que vai nas placas em cada ponto. Mesmo sem saber o idioma, os nomes são nomes, né? hehe E em hipótese alguma entrar no transporte sem comprar e validar o ticket, porque tem multa sim, e os fiscais entram disfarçados, ninguém sabe quem são até eles te mostrarem a máquina… E eles falam muitos idiomas também, nem turista perdido escapa!

Uma dica que dou é, se achou uma lojinha, ou estação de metrô que dê pra comprar os bilhetes, já compra alguns pra não ficar na mão. Eu me planejei por trajetos e não peguei bilhete de 1 dia ou 3 dias, e compensou, porque andamos bastante a pé – bastante vezes, mas poucas distâncias, pois é tudo perto mesmo!

Mas a vista é realmente incrível, o rio Moldava (Vltava) no meio, parece que sobe uma colina pra cada lado do rio, e tudo cheio de construções com pináculos (aquelas pontas) por todos os lados… De lá fomos ver a tal “Casa Dançante“, que é bem nova mesmo, tem nem 20 anos. Tudo na cidade é muito velho, e bem conservado!

day 314:

Fomos para o outro lado, visitar o Castelo de Praga, que é… mais um forte cheio de construções dentro, só que isso já fez que esse castelo fosse considerado o maior de pé até hoje.

De lá, dá pra ver… o Vysehrad! Ou seja, dava pra ver o Castelo de todos os lados em que passamos… haha E descendo do castelo, pegamos 5 minutinhos (literalmente!) de neve… Comemos aquele doce clásico da região, que na República Tcheca se chama “trdelnik“, e já logo chegamos… no centro, onde estávamos no primeiro dia! Passamos pela “Ponte Carlos” (o nome em português fica tão engraçado…), tomamos FINALMENTE um sorvete numa sorveteria da Haagen Dasz (que em Londres fechou, em Berlin a gente deixou passar e em São Paulo, acabamos indo no Ben & Jerry’s por ser mais em conta! hahaha). ah, e descobrimos que lá também tem um museu da Apple! Sim! haha

E voltamos pra Londres!

day 315:

Dia louco, porque já temos que voltar pro Brasil! Aí só conseguimos comprar algumas coisinhas que queríamos levar e arrumar as malas, mal deu pra se despedir dos amigos, ainda mais que chegamos super tarde na noite anterior… Mas deu tudo certo! haha

day 316:

Sempre a melhor parte de todo trajeto de volta é chegar e casa e ver os bichos, né? E só! hahahaha

Foi muito paulera essa volta… Que bom que acabou… hehe

day 317:

E já é dia de casório! Pra filmar e fotografar! ❤ Veja na página da Echos.

day 318:

Bom, voltei bem zuada da viagem, e quando se está doente, nada melhor que ficar em casa descansando, né? E até rolou de jogar um pouco de videogame…

 

 

P.S.:

1. Tá meio corrido, mas tem muito mais foto bonita pra postar, fiquem de olho no meu instagram!

2. O que aprendi em tcheco e me ajudou muito:

“Obrigado/a”

“Você fala inglês?”

“Com licença/desculpa”

“Bom dia”

Como? Vi muitos vídeos no youtube, usei o memrise, se vira! haha

3. Se prepara. Achar quem fala inglês é fácil, agora achar alguém 1% simpático… É um desafio! =P

4. Nunca, JAMAIS, pense que pagar em euro é uma boa. Não importa o quanto pareça conveniente, sempre tem uma casa de câmbio do outro lado da rua. Vai por mim!

5. E eles não aceitam trocar moedas de euro, só de 1 euro pra cima, leve notas!

Sobre Campanhas de Conscientização

Sei que setembro já acabou (passou voando!), outubro já está quase no fim também… e eu acabei nem parando pra escrever sobre o #SetembroAmarelo – e agora já é #OutubroRosa!

Vi muita gente achando legal o Setembro Amarelo, mas também vi gente criticando. Aí eu decidi que tinha que escrever, antes tarde do que nunca =P

 

Por que essas campanhas são importantes? Antes de começar a dizer, quero deixar bem claro que vou falar da minha opinião e do que já aprendi, sem ler nada no google (ou quase nada), então posso até falar alguma coisa desatualizada ou não mencionar algo mais relevante. E quem tiver mais a contribuir, por favor, posta nos comentários que é muito importante! 🙂

O Outubro Rosa começou faz tempo. Antes tinha até aquela campanha do Câncer de Mama no Alvo da Moda (alguém sabe que fim levou, se ainda existe?).

O objetivo é trazer conscientização sobre um câncer muito cruel, mas que pode ser mais fácil de diagnosticar, e em fase mais inicial que outros tipos de câncer mais internos. O problema era os exames serem muito caros, doloridos, e ninguém falar sobre o assunto, porque, né, são seios, quem vai ficar falando disso, ou “se tocando”, né? Sim, esse preconceito ainda existe até hoje!

Desde então, muita informação já chegou, se espalhou e se atualizou. Os exames já estão mais acessíveis, o autoexame já virou rotina, e se não, mulheres, façam o favor de fazer SEMPRE, todo mês, toda semana, todo dia, não custa nada e não tem problema algum, é você mesma, seu corpo! Já se sabe que prótese de silicone NÃO CAUSA câncer, e pode até ajudar num diagnóstico mais precoce, se a pessoa fizer os exames de acompanhamento com frequência.

Sendo assim, os casos estão sendo descobertos cada vez mais cedo, o que aumenta as chances de recuperação. Mas ainda existe casos que são mais complicados e só descobertos com o câncer mais avançado e o tratamento fica mais difícil. De qualquer forma, na maioria das vezes ocorre a mastectomia, que é a remoção do seio afetado, e que pode acabar sendo uma cirurgia muito drástica, em que não sobra tecido para reconstrução. Mas até esses casos estão ganhando mais atenção, e as vitoriosas mulheres que chegam nessa etapa, estão cada vez mais bem preparadas e apoiadas por outras mulheres e seus familiares.

Ainda assim, muitas vezes as mulheres, familiares e amigos só se conscientizam de que o câncer pode atingir qualquer um, quando já aconteceu algum caso bem próximo. Qualquer um mesmo. Ninguém está imune, não é só genético, ou hábitos bons ou maus. O câncer não escolhe sua vítima, mas a prevenção existe, e é por isso que o Outubro Rosa está todos os anos acontecendo: para que em todos os outros meses do ano as mulheres lembrem disso e se cuidem.

Não parece difícil, né? Graças à essa campanha de conscientização.

Agora, imagina o turbilhão de sentimentos e pensamentos que passa na cabeça da mulher que recebe esse diagnóstico. Nem vou dar exemplos, pois acho que nunca vou conseguir compreender ao todo. Todo mundo associa câncer à morte. E quem quer descobrir um câncer em si mesma? Ninguém, né? Isso é o que provavelmente ainda faz com que muitas pessoas não pensem em fazer o autoexame. Mas é melhor fazer e nunca descobrir, do que não fazer e acabar descobrindo tarde demais, né?

 

Bom, existe também o #NovembroAzul! Sim! Já ouviram falar? Pra conscientizar principalmente sobre o câncer de próstata, mas em geral, sobre a saúde masculina.

Normalmente, os homens não se cuidam tanto quanto as mulheres, por diversos motivos. Medo, preguiça, excesso de confiança, não querer parecer vulnerável, preconceito, enfim. O tabu em torno do exame e próstata é gigantesco, e acaba que muitos homens ainda morrem por isso, e suas famílias e pessoas amadas sofrem junto com eles nesse processo, que podia ter mais chances de tratamento se tivessem descoberto à tempo.

Essa campanha ainda tem muito chão pra chegar no nível de resultados do Outubro Rosa, mas o que importa é que ela existe e está crescendo a cada ano, e a conscientização está aumentando.

 

Até aqui falei sobre câncer. Uma doença maligna, que mata mesmo sem dó se não for tratada, e muitas vezes o tratamento é tão pesado quanto, e ainda existe a incerteza de dar certo. Mas e o #SetembroAmarelo? Do que se trata?

Pelo que vi, essa campanha começou esse ano, e ela traz a conscientização sobre o suicídio! Por que ela é importante? Porque obviamente, o suicídio… MATA! E muito! Mas o mais difícil é falar sobre o assunto, então que bom que existe o Setembro Amarelo.

Pouco se fala sobre a depressão, não é uma doença física como o câncer, é bem mais difícil de diagnosticar, de tratar. E ainda existe todo o preconceito de quem não entende, e todo o tabu de se falar a respeito, envolve crenças, opiniões. Ninguém vai questionar um diagnóstico de câncer. Todos sabem que ele mata, e rápido, se nada for feito, e com isso não se brinca.

Então vamos encarar a depressão como um “câncer na alma”, que se não for tratado, pode levar ao suicídio. E assim, o Setembro amarelo vem trazer conscientização sobre a prevenção ao suicídio. Sabiam que é possível sim prevenir o suicídio? Existem tratamentos de vários tipos que podem ser usados, mas o principal é existir o apoio das pessoas em volta da pessoa atingida.

Quem achou a campanha ruim, por achar que a atitude das pessoas que queriam aderir estava banalizando, não pensem assim. Estamos começando a criar um espaço pra falar mais abertamente sobre o assunto, nem todos ainda sabem de fato como agir e como ajudar. Mas já vi que muitos entendem que não é frescura, não é fraqueza, que não é fácil.

Acredito que essa campanha vai trazer resultados tão bons quanto os do Outubro Rosa. E tem potencial pra ajudar de fato! Por isso, vamos abraçar a causa, pois ninguém imagina o quanto os casos de depressão tem crescido e piorado ao nosso redor, simplesmente por ainda não existir muito espaço pra se procurar ajuda sem julgamento.

A vida já é muito difícil, ainda mais pra quem tem depressão. Não vamos piorar só porque “não queremos acreditar”. Pode ser que você já tenha passado na vida de alguém que tentou suicídio e nem saiba. Pode ser que você tenha tido a chance de fazer a diferença na vida de alguém, e nem saiba. Ou até tenha convivido com alguém que conseguiu se suicidar. Ou você é alguém que já tentou. Isso não precisa mais ser um assunto “místico” e rodeado de superstições. É uma doença também, e devemos encará-la assim, e ajudar quem precisa de ajuda, mas temos que aprender como ajudar de verdade.

 

 

Quem ainda não passou por nenhuma dessas experiências, nunca vai saber como é ter que lidar com elas. Pode ser que no máximo, as pessoas queiram ajudar compartilhando informação à respeito, coisas que nem elas sabiam, mas que aprenderem por estarem sendo expostas às campanhas de conscientização.

Mudar a cor da foto no perfil pode não mudar nada. Não cura o câncer, não impede o suicídio de acontecer. Mas é uma forma da própria pessoa sempre se lembrar da consciência que ela está criando. De se informar e de criar mais um espaço para se falar no assunto. Pode parecer bobo, mas ajuda sim! Mostra pra todo mundo que ainda acha que está longe dessas situações que tem cada vez mais gente consciente e buscando trazer alguma melhora pro mundo. Nem todos sabem como ajudar de forma mais prática, nem todos tem condições de se engajar em alguma causa com afinco. Mas pensem, pelo menos não estão atrapalhando, não estão piorando. Não sejamos negativos, toda ajuda, que ajude de fato, é bem vinda, por menor que seja 🙂 Melhor do que não fazer absolutamente nada!

E que mais falam, que não deve ser apenas um mês por ano, mas o ano todo – acaba, aos poucos, se tornando consequência 😉

 

Ana, sobrevivente de câncer de mama, fotografada pela Salt n Sugar Photography <3

Ana, sobrevivente de câncer de mama, fotografada pela Salt n Sugar Photography

 

Seguem links interessantes:

Afinal, para que serve a campanha Setembro Amarelo.

Infográfico no Facebook.

Projeto Cores que Acolhem.

Happy Teacher’s Day!

Nem todos sabem, mas fui oficialmente professora por muitos anos. Enquanto a maioria das crianças brincava de casinha ou de escolinha, eu brincava mais de banco, pois eu era filha de bancários. De repente, lá estava eu, em meu primeiro emprego, ensinando com apenas 17 anos.No começo achava que tinha caído de para-quedas, mas novamente, quando me dei conta… estava mais envolvida do que podia imaginar. Me encantei, me apaixonei, e vivi um longo relacionamento, que passou por todas as fases que um relacionamento humano pode passar, eu acho.

Hoje não trabalho mais em classe, mas jamais vou deixar de me sentir e me assumir professora, minha primeira profissão na vida, que me influencia em tudo até hoje, e que até hoje ainda exerço, mesmo que em menor tempo. Nunca paro de aprender, e muito menos de ensinar.

Foram anos incríveis e que com certeza me fizeram quem eu sou agora, e vão continuar fazendo parte da minha história, com muito orgulho. Conheci muitas coisas, lugares e pessoas. Devo muito do que sei e faço à essa experiência da minha vida, e sou muito grata por todas as oportunidades que tive de poder vivê-la, e quero continuar vivendo!

Essa profissão me escolheu, e nunca mais saiu do meu coração ❤

 

Pra todos vocês que já fizeram ou ainda fazem esse nobre trabalho… Feliz dis dos professores!

 

Parabéns a todos os colegas professores, vocês são indispensáveis e cruciais para a humanidade!

Continuem firmes e fortes, mesmo com a falta de reconhecimento e remuneração.

Perseverem! A função de educar para o mundo, de fazer o conhecimento entrar nas cabeças, dar frutos e poder mudar toda uma geração, uma história, está na mão de vocês.

Não desanimem, continuem assim e um dia, alunos, familiares, patrões – todos irão aprender o quanto essa profissão é valiosa e merece ser respeitada e elevada. Sem ela, nenhuma das outras profissões seria ensinada com sucesso.

Parabéns por tornarem uma aptidão em paixão, qualquer situação em lição, e qualquer lugar em sala de aula.

A evolução só acontece com o trabálho árduo e a dedicação de vocês, que de cabeça erguida travam a guerra mais pacífica de todas…

 

Um dos meus momentos que fizeram tudo valer a pena :)

Um dos meus momentos que fizeram tudo valer a pena 🙂

 

#KeepUp366 – Week 38+

day 263:

Opa, já começou mais uma semana e eu nem percebi! haha

Mas o fim de semana já está prometendo, com bastante trabalho, então vamos adiantar o trabalho pra não acumular.

day 264:

Hoje foi dia de ensaio fotográfico de casal muito legal, em um dia lindo num lugar mais lindo ainda!

Dá uma espiadinha aqui na página da Echos 😉

day 265:

Mais trabalhos, mais finalizações, mais correria… Mas tá ótimo! hehe

day 266:

Mais um ensaio! Esse foi em outro lugar delicioso que gostamos muito, mas faz tempo que não íamos, na Estância Ouro Fino, e o clima colaborou, fez sol, mas ficou fresco, e os noivos ainda tiveram ideias super legais! Já tem um pouco de como foi aqui na página da Echos!

day 267:

Pensa num dia louco! Aproveitamos uma firmada no tempo pra dar banho nas duas cadelas (porque estava ficando insustentável… haha), limpar a casa e ainda ir no pilates.

De noite, recebemos amigos em casa (e juro que isso não teve nada a ver com a limpeza da casa e das dogs, tá? #acreditequemquiser haha) 🙂

day 268:

Oficialmente, o dia mais disputado do ano! Já tínhamos a data fechada há quase 1 ano praticamente, e há 2 meses tivemos que nos dividir pra pegar outro trabalho. E desde então, surgiram mais 5 outros trabalhos que infelizmente não pudemos aceitar, né! 2 só nessa semana! hahah

Mas foi dia de fotografar e filmar um aniversário infantil, de um baby fofo (baby nada, já está fazendo 3 aninhos!!) e muito querido pra nós, filho de amigos de longa data, já posso dizer assim!

Aqui já tem uma amostrinha…

E mais um casório pra filmar, ufa! ❤

Ah, e fora esses trabalhos que não pudemos aceitar, tinha mais uns 3 eventos que fomos convidados pra or, que não seriam à trabalho, mas pra curtir… Fazer o que… hehe

day 269:

Domingão gostoso em que conseguimos descansar, quando está livre, temos que aproveitar!

Dessa vez fomos passear, e conhecer uma chácara de amigos, rever muita gente, ver pessoas que só conhecíamos online. Tudo muito gostoso!

E pra fechar, aquele video-game que não pode faltar! =D

#KeepUp366 – Week 34+

day 235:

O mais marcante desse dia é que está completando 2 anos de um dos melhores shows que já fomos, do Killswitch Engage, à 1 metro da nossa cara, aqui em Curitiba! Ficamos tão pertinho, ganhamos palheta e pulseira direto da mão dos caras, peguei o setlist… Foi o Ó!! ❤

day 236:

Sairam as fotos da Echos no Tour Curitidoce!!

day 237:

Dia de mais um evento do Yelp! Assim a gente fica mal acostumado, né? haha Review aqui 🙂

(Ah, e minha conta no instagram completou 2 anos de existência!)

day 238:

E tem mais um promo-vídeo que produzimos pela Echos no ar! É do Gas Pub!

Ah, e rolou café pelo Coffee Week! Fomos no Allez Allez, sob nova direção agora.

day 239:

Dia de mais café! Conhecemos o Gregário (no Yelp também!) e provamos o Café no Cone, da Kombi Dolores 🙂

(Sem querer, acabei encontrando a food bike Dalou, e não perdi a chance de provar alguns dos doces deles também! =P )

E fechamos o dia como nunca, num pub, o Deck 197! É, dessa vez a gente “fez” sexta-feira como deveria ser, né? haha

day 240:

Chegou o dia de fotografar um casório muito lindo, já havíamos feito o ensaio pre-wedding dos noivos, foi tudo muito bom! ❤

day 241:

Quer coisa melhor que descansar num domingo? E jogar videogame, claro!

 

#KeepUp366 – Week 30+

Wow, que semana mais cheia de dias especiais!

E só confirma minha teoria de todos os anos: segundo semestre é sempre o ó!! hauheuhauhe

day 207:

WEDDING ANNIVERSARY DAY!!! Oficialmente, faz 7 anos do dia em que pusemos nossas roupinhas de noivos, fizemos toda aquela coisa de cerimônia, aliança, beijinho, fotos, comida, cumprimentar os convidados… Enfim, tudo como manda o figurino, mas com nosso estilinho ❤ (E chega que já escrevi um post sobre isso aqui, e outro no facebook, outro no instagram… hahaha)

E… teve evento do Yelp de noite! hahah

Meu review está aqui 🙂

day 208:

Fechando trabalho pro fim de semana \o/

day 209:

DIA DA LILOSIIINHAAAA!!! Aniversário de 10 anos da Lilly! Faz oficialmente 6 anos que ela está morando com a gente, mas ela é o bichinho mais fofo, meigo e carinhoso ❤ E ela continua sempre alegre, “latilda”, alerta, inteligente… Sempre demonstra coisas novas, aprende coisas que nem sabíamos que estávamos ensinando… Ela é linda e somos muito felizes por tê-la nas nossas vidas! Ela é minha filha canina pra sempre!

Ah, e teve mais um evento do Yelp, com fotos da Echos e meu review aqui!

day 210:

Mais um dia de trabalhar, resolver coisas… 🙂

day 211:

Correria! Filmar e fotografar as tortas lindas e deliciosas do Pote da Mama, para material de divulgação, depois reunião para ideias novas, provar macarons num lugar que ainda não conhecíamos, a Cheia de Graça… Ufa!

day 212:

Pensa num dia cheio! haha

Logo cedo, filmar mais um material pra promo-vídeo de uma academia, de tarde, fotografar um ensaio feminino super gostoso que já tem um pouco na página da Salt n Sugar, depois nos dividimos, eu fui fotografar um aniversário infantil e o marido, filmar mais um promo-vídeo do Gas Pub! Delícia! haha

day 213:

Pra encerrar a semana, um passeio logo cedão pra um lugar que nunca tínhamos ouvido falar, Rodeio, em Santa Catarina, pra eu descer na maior tirolesa das Américas, com 2km de comprimento, e experimentar o estilingue humano! Só eu, né, porque o marido… é meu parceiraço, me filmando e fotografando nas minhas aventuras! hahaha

 

Happiness x 7!

Mais um aniversário de casamento!

São 7 anos juntos, isso merece um post aqui no blog! Bodas de Lã =D

A cada ano eu sempre deixei registrado, seja no blog antigo, no facebook, no instagram e até aqui. Nos primeiros anos nos dávamos cartão quase todo mês, e a frequência foi diminuindo… Mas também pudera, o estoque de cartão em casa já estava ficando difícil de guardar! haha

O que importa é sempre relembrar o quanto esse dia é importante. Mesmo com os problemas do dia-a-dia. Mesmo com as dificuldades de se ter uma empresa juntos. Mesmo com os medos, inseguranças. Mesmo com tudo. Porque também todos os dias, não deixamos faltar beijos e abraços. Bom dia e boa noite. Coçada e massagem nas costas. Comer juntos. Falar “eu te amo”. Mesmo se der preguiça. Mesmo se estiver com raiva. Mesmo com tudo. Não pode faltar.

7 anos e estamos aqui! Ufa! Parece bastante, né? Mas quando paramos pra pensar… parece que essa jornada começou ontem mesmo, e até esquecemos dos pontos negativos que com certeza apareceram nesse tempo todo. Nem nos damos conta do quanto mudamos, e nos tornamos pessoas diferentes com o passar dos anos. Não porque exigimos um do outro, isso não funciona e só desgasta. Mas porque naturalmente vamos nos moldando um ao outro, aos poucos, ano a ano… e nos transformamos, juntos. Ficamos cada vez mais parecidos. Cada vez mais inseparáveis.

É isso aí, galera, casar é isso! É muito legal, recomendo! Mas não é pra qualquer um. E não é qualquer combinação que vai dar certo. Mas depende 100% do comprometimento dos dois envolvidos fazerem dar certo, dia após dia. Clichezão assim, mas é verdade. É sempre ter em mente o compromisso feito, seja através de documento ou cerimônia, ou o que valha. A consciência de que é uma vida inteira, uma pessoa, que está sendo depositada na sua mão, e a sua, na mão da outra pessoa. Acho que vai além de um estar apoiando o outro. É pular do penhasco juntos, com venda nos olhos, confiando que o outro jamais vai soltar da sua mão. Se um cair, os dois caem juntos.

Me perguntam muito quando eu casei “como estava sendo a vida de casada?”… Um dia eu falei pro Lucas que estava cansada de responder à essa pergunta. Ele falou pra eu responder: “está melhor que a de solteira!”, e com certeza está, infinitamente mais! Não me arrependo e sinceramente, nem consigo mais me lembrar de como era viver sem ele nos meus dias. Então, nem tenho do que sentir falta… hehe

 

Amo sim, de mais, e não tenho um pingo de vergonha de assumir isso! (Bom, não tenho vergonha de pedir a raspa do bolo, por que iria ter vergonha de amar, se eu descobri que é de verdade, né?! hauheuahe)

Termino pensando no quanto eu fico inspirada pra escrever sobre essa ocasião… A cada ano escrevo algo novo, nunca falta inspiração! Que venha mais um ano cheio de acontecimentos para nosso duo, nosso time de dois aqui experimentar… ❤

 

Love you, baby!

 

Foi mais um ano cheio de aventuras pra nós: