Ice Cream

#KeepUp366 – Week 52!

THE END! Eis que 2016 chegou ao fim! A última semana com 6 dias, quase completa!

Vamos terminar tudo certinho por aqui, né?

day 361:

segunda pós natal, mas o trabalho aqui não para! haha

day 362:

O dia em que “criei” uma imagem no paint, postei e ela… viralizou! hahaha

De noite fomos visitar um casal de amigos que não víamos fazia tempo!

day 363:

Um dia mas normal, nem parece que é fim do ano! haha Trabalhando e fazendo comida em casa.

day 364:

Terminando mais edições, nem acredito!!

day 365:

Sexta! Encerrando tudo o que deu, fomos comemorar tomando um gelato na Nougat! Coisa boa…

day 366:

E é isso aí! Sábado de reveillon (nunca vou ter certeza se escrevi certo… hahaha) que passamos com amigos e nossas dogs ainda curtiram um quintalzão pra se distratir dos fogos!

 

Feliz 2017, galera!! Obrigada á todos que acompanharam mais esse ano por aqui!

Fiquem de olho no meu instagram 😉

 

#KeepUp366 – Week 45+

day 312:

Dia de viajar mais um pouco, vamos para Praga!!! E já chegamos e pegamos um frio, mas UM frio… e a sensação de não entender naaaada do idioma também dá uma embrulhada na cabeça! Mas a cidade é realmente linda, parece uma pintura, conto de fadas! Já vimos a praça da Cidade Velha e o relógio astronômico, que é o mais antigo ainda em funcionamento até hoje, coisa mais absurda, cheia de detalhes, incrível!

Aliás, quando bate hora inteira, a praça se enche de gente, o relógio toca, tem uns bonequinhos em volta do relógio que se mexem, é um espetéculo! Filmei sim, é fofo! haha E pensa, ele existe desde 1410! A praça é bem iluminada, cheia de detalhes lindos e antigos pra ver, uma catedral mais ao fundo, da Ns. Senhora de Tyn, também linda, e tem um prédio na frente que é quase tão antigo quanto ela, e por isso não derrubam!

day 313:

Fomos visitar um lugar bem conhecido lá, chamado Vysehrad. É tipo um “castelo”, mas é mais um forte, e antes tinha mais coisa lá dentro, hoje sobrou principalmente uma catedral lindíssima e a vista da cidade, que nessas horas você percebe que é muito pequena!! haha

Dá pra fazer praticamente tudo a pé, ou pegar o transporte que é bem servido e barato. Só tem que cuidar pra não pegar o sentido errado, tem que olhar os nomes e o sentido que vai nas placas em cada ponto. Mesmo sem saber o idioma, os nomes são nomes, né? hehe E em hipótese alguma entrar no transporte sem comprar e validar o ticket, porque tem multa sim, e os fiscais entram disfarçados, ninguém sabe quem são até eles te mostrarem a máquina… E eles falam muitos idiomas também, nem turista perdido escapa!

Uma dica que dou é, se achou uma lojinha, ou estação de metrô que dê pra comprar os bilhetes, já compra alguns pra não ficar na mão. Eu me planejei por trajetos e não peguei bilhete de 1 dia ou 3 dias, e compensou, porque andamos bastante a pé – bastante vezes, mas poucas distâncias, pois é tudo perto mesmo!

Mas a vista é realmente incrível, o rio Moldava (Vltava) no meio, parece que sobe uma colina pra cada lado do rio, e tudo cheio de construções com pináculos (aquelas pontas) por todos os lados… De lá fomos ver a tal “Casa Dançante“, que é bem nova mesmo, tem nem 20 anos. Tudo na cidade é muito velho, e bem conservado!

day 314:

Fomos para o outro lado, visitar o Castelo de Praga, que é… mais um forte cheio de construções dentro, só que isso já fez que esse castelo fosse considerado o maior de pé até hoje.

De lá, dá pra ver… o Vysehrad! Ou seja, dava pra ver o Castelo de todos os lados em que passamos… haha E descendo do castelo, pegamos 5 minutinhos (literalmente!) de neve… Comemos aquele doce clásico da região, que na República Tcheca se chama “trdelnik“, e já logo chegamos… no centro, onde estávamos no primeiro dia! Passamos pela “Ponte Carlos” (o nome em português fica tão engraçado…), tomamos FINALMENTE um sorvete numa sorveteria da Haagen Dasz (que em Londres fechou, em Berlin a gente deixou passar e em São Paulo, acabamos indo no Ben & Jerry’s por ser mais em conta! hahaha). ah, e descobrimos que lá também tem um museu da Apple! Sim! haha

E voltamos pra Londres!

day 315:

Dia louco, porque já temos que voltar pro Brasil! Aí só conseguimos comprar algumas coisinhas que queríamos levar e arrumar as malas, mal deu pra se despedir dos amigos, ainda mais que chegamos super tarde na noite anterior… Mas deu tudo certo! haha

day 316:

Sempre a melhor parte de todo trajeto de volta é chegar e casa e ver os bichos, né? E só! hahahaha

Foi muito paulera essa volta… Que bom que acabou… hehe

day 317:

E já é dia de casório! Pra filmar e fotografar! ❤ Veja na página da Echos.

day 318:

Bom, voltei bem zuada da viagem, e quando se está doente, nada melhor que ficar em casa descansando, né? E até rolou de jogar um pouco de videogame…

 

 

P.S.:

1. Tá meio corrido, mas tem muito mais foto bonita pra postar, fiquem de olho no meu instagram!

2. O que aprendi em tcheco e me ajudou muito:

“Obrigado/a”

“Você fala inglês?”

“Com licença/desculpa”

“Bom dia”

Como? Vi muitos vídeos no youtube, usei o memrise, se vira! haha

3. Se prepara. Achar quem fala inglês é fácil, agora achar alguém 1% simpático… É um desafio! =P

4. Nunca, JAMAIS, pense que pagar em euro é uma boa. Não importa o quanto pareça conveniente, sempre tem uma casa de câmbio do outro lado da rua. Vai por mim!

5. E eles não aceitam trocar moedas de euro, só de 1 euro pra cima, leve notas!

#KeepUp366 – Week 36+

day 249:

Fez 1 ano daquele show tributo ao Queen que fomos ano passado! Especial por muitos motivos: 1. eu ganhei os ingressos! 2. Era do Queen, bem no dia do aniversário do Freddie Mercury! 3. Primeira vez que fui na Ópera de Arame pra assistir a alguma coisa, não só pra mostrar pra turistas! hehe 4. Estava frio, super gostoso, e a gente curtiu muito 🙂

E nesse dia eu fui convidada pelo Yelp Curitiba pra ir conhecer a foodbike do Alfaloucos que está no Shopping Mueller! O alfajor deles é muito bom!

day 250:

De pouco em pouco estamos postando mais fotos e vídeos que fazemos, e hoje saiu foto de casório na página da Echos!

day 251:

Feriado bem no meio da semana, mas nós aproveitamos pra trabalhar e fazer reunião com cliente. E jogar video game, claro!

Ah, e fomos tomar um sorvete também, aproveitando a cidade semi-vazia e a promoção da Cold Stone! haha

day 252:

Dia de Flash Day no estúdio de tatuagem da Bárbara Ink! Tiramos fotos e ainda vai sair um clipe desse evento, foi muito legal!

day 253:

O que, já é sexta-feira? Ah sim, ontem foi feriado em Curitiba… Aí hoje, tem mais trabalho pra fazer, sempre, mas também teve café e bolo de pinhão do Bisa Basílio Café!

day 254:

Sábado sem evento, só edição, e de noite sair com amigos, pra variar um pouco, né! hehe

day 255:

Completando 1 semana que estou jogando CoD Black Ops 3, porque fim de semana tem “double xp” e eu preciso melhorar nessa bagaça! hahaha

Descansar um pouco é bom!

 

#KeepUp366 – Week 32+

day 221:

Os primos foram embora… Mas ficou uma coisa boa: uma foto nossa (da minha perna sendo tatuada pela Bárbara INK) foi parar no portal Jusbrasil, sobre o ato médico que poderia prejudicar os tatuadores! 🙂

day 222:

Terminando mais trabalhos pra semana, coisas diferentes!

day 223:

Saiu um vídeo novo produzido pela Echos, um promo-vídeo!

day 224:

Dia de evento do Yelp 🙂

day 225:

Preparando as coisas pro sábado de evento, resolvendo pendências =P

day 226:

Dia de filmar casamento!

day 227:

Descansar um pouco, porque voltamos mais de 4 da manhã do evento! haha

Mas pelo menos rolou de tomar um sorvetinho 🙂

 

 

#KeepUp366 – Week 24+

day 165:

Considerado oficialmente o dia mais frio até o momento nesse ano. Bom, teve -1º, de verdade!  hehe

day 166:

Mais um texto sobre fotografia que eu escrevi para o portal Bolsa de Valores! Esse aqui 🙂

day 167:

Um dia em que o marido se empolgou. Fez jantar e pudim, sozinho e por conta própria! Muito amor ❤

(O pudim só pode fazer a alegria do dia seguinte, mas esse projeto é sobre pontos positivos e gratidão mesmo, não? hehe)

day 168:

Então… comemos pudim! haha

E teve mais um evento MARA do Yelp! Meu review já está aqui =D

day 169:

Finalmente!!! Saiu mais 1 temporada de OITNB! E toda de uma vez só, mas enfim. Não conseguimos assistir tudo de uma vez mesmo… hehe

day 170:

Hoje? Reunião com amigos de noite já garantida e apareceu trabalho de última hora! Woohoo!

day 171:

Descansamos, mas também adiantamos um pouco de trabalho pra semana. O próximo fim de semana já vai ser cheio!

 

Food shopping in Europe

Sobre comprar comida – e comer! – na Europa!

Ia falar só sobre Londres, mas percebi que várias coisas sao parecidas nas cidades que visitamos lá, então vou falar de todas.

Como disse no post inicial dessa série, no nosso planejamento de viagem sempre consideramos comprar comida em supermercado normal mesmo, e o máximo que comemos fora foi pra provar pratos típicos ou em lugares locais que valem muito a pena conhecer!

Mas de qualquer forma comemos muita coisa boa e MUITO barata!

Em Londres contamos com moradores brasileiros para nos darem dicas. Em Paris, fizemos um amigo parisiense, que nos deu uma noção do que eles consideram bom e barato. Em Dublin fomos com nossa própria habilidade, e contamos com a ajuda da internet, mas quebramos um pouco a cara também! haha E em Berlin, além de amigos moradores brasileiros, que estavam lá há relativamente pouco tempo e descobrindo muitas coisas, usamos até o Yelp 🙂

Nos mercados, os preços geralmente estão na prateleira. Vegetais sempre lindos em exposição, e itens mais sensíveis, como frutas, geralmente já estão em embalagens plásticas transparentes, com um peso ou quantidade definida. Os nomes mais famosos são Lidl e Aldi, com certeza, mas também vimos Asda (em Londres), Tesco (Dublin e Londres), Rewe e Netto (Berlin area) e em Paris… Carrefour, claro! Que achamos super parecido com os que vamos aqui, a disposição das coisas, chega a lembrar mesmo! Também tem em Londres o Marks & Spencer, que é reconhecido mundialmente como o mais caro da região, e Sainsbury’s, que tem em todos os lugares e de todos os tamanhos, mas os preços são melhores. Em todo caso, qualidade e variedade tem em todas as cidades, o que muda é um luxo a mais, como marcas preferidas, uma disposição mais “bonita”. Mas a qualidade não muda com o preço, nunca!

Os preços raramente mudam, e promoção é de verdade, pois você vê que antes estava custando mais mesmo.

O que se vê muito lá: pães e outros alimentos do tipo normalmente são frescos e produzidos no local, e são colocados em prateleiras abertas e totalmente self-service: tem o pacote de papel com uma parte transparente, um utensílio pra pegar e os preços. Na Alemanha vimos uma estrutura um pouco mais fechada, com acrílico, e no Lidl tinha até um mecanismo pra empurrar pra fora para ter menos contato com os pães. Mas muito comum e ninguém acha ruim se servir assim. E no caixa, ou o atendente vê a quantidade e os itens escolhidos, ou ele te pergunta. Se for no autocaixa, você coloca todas as informações – sério! hehe Na França não vimos isso nem nos mercados pequenos nem grandes. E como tem coisa feita com massa folhada!

Se valoriza muito produtos feitos no país, com produtos locais, nos rótulos sempre diz algo. E também quase não se vê laticínios em caixas. Leite, creme de leite, tudo fresco, na geladeira. Só os queijos que tem de todo jeito, porcionado, embalado, ralado, processado… menos “fresco”, lá o negócio é queijo maturado mesmo! As carnes geralmente vem bem limpas e porcionadas. Aliás, existe coisa em conserva sim, mas a grande maioria é vendida fresca. Muitas opções de cogumelos, de frutas tipo berries. Ah, tem orgânicos também, mas geralmente estão juntos com as outras opções do mesmo vegetal e são pouca coisa mais caros. Pouca coisa mesmo!

Você também encontra: várias opções de água saborizadas, engarrafadas em diversos tamanhos, remédios para dor de cabeça e gripe, flores, muitas flores… Até em mercados menores se encontra. Água, inclusive, é super barato em qualquer lugar, bem normal encontrar pessoas com garrafas de 500, 750ml, 1l, 2l… andando pela rua e tomando água. Na Alemanha que tem aquele esquema que você paga um pouco mais caro, mas depois pode retornar a garrafa numa máquina e pegar crédito – ou até dinheiro – de volta! Nem todas voltam, mas na hora de comprar já está escrito na placa se sim e quanto volta. Num momento de bobeira joguei uma que podia ser trocada na lixeira reciclável… a minha amiga disse que com certeza alguém teria visto na hora e ido pegar! haha Claro, é dinheiro! E lá se vê super mercado só pra comprar bebidas também.

Agora, um fato sobre a água na Europa, nos 4 países que fomos era igual: da torneira é potável, mas é muito cheia de calcário e acaba caindo pesada no estômado! Imagina pra pele e cabelo… Até as “chaleiras elétricas” (kettle), muito comuns lá, forma calcificação no fundo que tem que usar um produto pra limpar de tempos em tempos.

Chocolates: os produzidos em UK percebemos que ele tem um sabor mais de caramelo, lembra açúcar mascavo. Nos demais lugares sempre muito parecidos com o padrão “kinder, ferrero, milka”… Só que menos doce que aqui. O mais importante: NÃO EXISTE HIDROGENADO!!

Refrigerantes também são menos doces, mais suaves e vêm em embalagens menores. Os ovos são mais consistentes, o bacon quase não tem gordura, e tudo que vem pronto parece ter muito menos sal. E pra quem sente falta de comidas daqui, lá se encontra tudo, algumas coisas, como arroz de vários tipos e até pão francês (daquele pré-pronto, que você só coloca no forno pra terminar de assar), tem mais fácil, agora, carnes, feijão, polvilho e tal, é mais fácil is nas lojas de latinos, que tem muitas. Ou de poloneses, eles costumam vender comidas de todo mundo também! haha

Aliás, descobrimos que carne na Alemanha é impagável de caro, mas na Irlanda… é a melhor picanha que comi na vida, juro! (Feita por brasileiros em Londres, mas era da Irlanda que a carne vinha!) Aì vimos que fast-food na Alemanha é realmente mais linguiças, uma variedade imensa! E o “donner”, que na França comemos com o nome de kebab (acho que nos outros lugares também tem esse nome): aquele sanduíche feito com aquela carne que fica num espeto imenso e eles vão “ralando” e pondo no pão. Muito bom!

Na cidadezinha alemã que ficamos, fomos num café comprar cheesecake (käsekuchen) e torta de maçã (apfelkuchen), bem tradicionais, maravilhosas! Pena que não conseguimos comprar o “chineque” com farofa (schnecke mit streusel), que tem tanto aqui em Curitiba, pra provar e comparar! haha

Encontramos café especial, cervejas das mais bem feitas, artesanais, do mundo todo. No “food and wine” da esquina ou em lojas especializadas. E no Borough Market! Já mencionei aqui no blog antes, e vou fazer um post especial só dele, por isso nem as fotos eu vou postar agora! Amo demais aquele lugar!

Tem comida “estranha”? Tem, claro. Muita fritura, frutos do mar não convencionais, “mushy peas” que é um purê de ervilhas, “black pudding”, tipo um chouriço (linguiça de sangue!) e no “full english”, café da manhã típico em UK, é uma mistureba de feijão, linguiça, black pudding, tomate, ovo, pão, cogumelos… Mas é típico. Jamais que eu comia tudo isso! hahahaha

Fast food tem tudo sabor de pimenta, sei lá se pela influência indiana, árabe, latina. Sei lá.  Sei que toda vez que fomos em algum, não valeu a pena. Porque é rápido e barato? Beleza, mas se come muito bem com o mesmo valor comprando no mercado, só tem que levar pra fazer em casa. Aliás, nos mercados sempre tem frutas já cortadas e embaladas, sopas, saladas, sanduíches, prontos (e se pá até aquecidos) pra se comer na rua. Eles dão até talheres descartáveis.

Dando mais detalhes – Fomos no McDonalds em Londres e em Berlin, e KFC em Londres também. Ah, e caímos na tentação de comprar 2 “mega pizzas” por 16 euros no Papa John’s em Dublin, pensamos: ah, levamos o resto pra comer de noite, poxa, 2 pizzas por esse preço, tá lindo! Não, não estava. Elas eram extretamente “americanas”, uma veio banhada de molho barbecue e as duas apimentadas também, claro. Infeliz ideia! haha Sério, melhor comprar scones e frutas no mercado até chegar em casa!

Temperos? Tem também! Ervas, pimentas, alho, cebola, óleos, azeites, muita coisa boa que aqui compramos em lugares especializados por pequenas fortunas, lá é tudo muito acessível.

No ano passado aprendi a comer salada de espinafre cru, uma delícia! Aqui não tem o mesmo sabor, infelizmente. Dessa vez, aprendi a comer aspargos (frescos, não em conserva) e couve de bruxelas. E descobri o melhor iogurte da minha vida (tá nas fotos!) e um peito de peru recheado com ervas, que vinha congelado pra fazer no forno, e ficou muito bom também! Só as “english sausages” que não teve como encarar, meu marido comprou, achou super barato, mas é intragável pro paladar brasileiro! hahaha

Enfim. Se eu ficar lembrando de tudo, eu não termino nunca! haha Acho até que ainda falta fotos pra incluir aqui, se eu achar, eu volto pra incluir! hehe

Resumindo: se come e se bebe infinitamente bem, por bem menos – mesmo com conversão, de moeda, então imaginem pra quem ganha na moeda local.

Acho que por isso que não engordamos lá! Andamos muito, commos muitas frutas, legumes e verduras, tudo de ótima qualidade e por ser barato, você não compra nem consome demais. É uma maravilha!

 

 

#KeepUp366 – Week 19+

Opa, praticamente 1 semana de atraso, mas vou postar cada semana separada. O projeto continua!

day 130:

Mais uma segunda-feira de recolocar as coisas em ordem e trabalhar.

day 131:

Saiu mais um post de viagem aqui no blog!

E depois? Evento do Yelp!! Boliche com o pessoal que faz tempo que eu não via, e já tem meu review do evento.

day 132:

Hoje teve muita coisa pra resolver – consulta de médico, exames, e por aí vai.

day 133:

Quase final da semana, e a parte boa desse dia foi terminar mais um pouco de trabalhos.

day 134:

Saiu mais um texto meu sobre fotografia no blog do portal Bolsa de Valores!

day 135:

E não é que tivemos que viajar pra SP de novo? Dessa vez conseguimos visitar mais algumas pessoas que não vi na última viagem.

day 136:

Um dia inteiro na capital, não estava muito quente, com direito à sorvete Ben & Jerry’s e pizza de São Paulo!

 

 

Já continuamos no próximo post 🙂

 

#KeepUp366 – Week 18+

day 123:

Dia de muito frio! ❤ Muita alegria e mais chocolate quente! haha

day 124:

Esse dia foi assim: tem uma banda que eu gostava muito, era muito boa mesmo, mas aí os integrantes decidiram que iriam dar um tempo e cada um iria seguir carreira solo por um tempo. Isso foi em 2000, e eles nunca mais voltaram, mas também nunca falaram se iam voltar, se iam acabar, nada. Vez ou outra gravavam uma música juntos, e mais nada. Até que nesse dia de hoje, apareceu uma imagem na página oficial deles no facebook que dizia simplesmente “2017”. Loucura, minha gente, loucura!

day 125:

É… May the 4th? hehe Star Wars day, “may the force be with you”, isso! Muito legal ver o que o pessoal posta por aí com o tema!

day 126:

Dia de trabalho e de fechar mais trabalhos!

day 127:

Faz tempo que não fazíamos uma comidinha especial em casa, né? Então hoje deu certo!

E assistimos a um filme que não é novo, mas ainda não tínhamos visto, o “Inside Out“. Amamos! haha

day 128:

Uma visitinha na Cold Stone pra matar a saudade…

E teve reunião das colunistas do Blog Bolsa de Valores Digital! Conhecer pessoalmente as meninas com quem eu escrevo 🙂

day 129:

É dia das mães, tem trabalho, e o clima está fresquinho. Coisa linda!

 

#KeepUp366 – Week 4

Mais uma semaninha, quase acabando janeiro!

day 22:

Ah, choveu e eu fico feliz porque… esfriou um pouco de novo! haha

day 23:

Sábado sem evento, mas que conseguimos adiantar bastante coisas e ainda fomos tomar sorvete com amigos 🙂

day 24:

Além de estar faltando exatamente 1 mês pra pisarmos em Londres mais uma vez… foi dia de filmar um trabalho!

day 25:

Aniversário de Sampa ❤

E rolou mais uma sessão se fotos pra Salt n Sugar Photography!!

day 26:

O que teve de bom? Trabalhar e ver as coisas ficando prontas!

day 27:

Fomos comer num lugar que faz tempo que não íamos, mas que com o Peixe Urbano pudemos ir de novo! hahaha

day 28:

Fomos conhecer uma confeitaria nova no bairro, lugar pequeno, mas tudo muito gostoso!

Ah, e como disse, a promessa que fiz no facebook e ele tá “me cobrando” é ir me cadastrar como doadora de medula, e já consegui juntar mais um povo pra ir comigo! Em breve vou compartilhar isso aqui 🙂

 

Nem sempre falo, mas na maioria das vezes, quando não comemos fora, nós cozinhamos juntos em casa e são sempre momentos muito bons =D

 

#KeepUp366 – Week 1

Projeto #KeepUp366 – de 1 a 7:

Primeira semana do ano!

day 1:

Constatamos que é possível fazer a Lilly e a Sugar se distraírem em relação aos fogos. Fizemos barulho com os brinquedos delas, e também, na casa do nosso amigo que tinha um mega quintal, elas já tinham muito o que cheirar e explorar, e acabaram não se incomodando tanto quanto normalmente. A Sugar até saiu pra ver os fogos com a galera! hahaha

day 2:

Muitos textos inspiradores, várias edições pra fazer, muita comida! hehehe

day 3:

Entregamos já alguns trabalhos também, e já estamos agendando novos pra esse ano!

day 4:

A página da Salt n Sugar Photography bombando, e o instagram também!

day 5:

Completamos 1 ano no ap novo e exatamente como no ano passado… recebemos visita de primos, dessa vez meus primos. Pelo menos dessa vez a casa não estava toda revirada de mudança! hehe

day 6:

Passeamos com eles e curtindo um pouco de Curitiba também, sem ser trabalho…

day 7:

Tomamos sorvete, que faz tempo que não íamos, comemos, estamos jogando muito videogame e conversando! Tá muito bom, mas ainda tem muito mais…

E amanhã (hoje…) já temos nosso primeiro casamento do ano!! ❤

 

Então… até mais! hehehe

 

Curitiba =D

Curitiba =D